Linkedin: sua empresa precisa conhecer os potenciais dessa rede social

Design sem nome (1)

Já contamos pra você aqui no blog como como funciona o Facebook e Instagram. Agora vamos te ensinar um pouco mais sobre o Linkedin.

Criada em 2003, o Linkedin é uma rede social voltada para perfis profissionais. O Brasil, como nas demais redes sociais, está entre os primeiros países na lista em número de usuários. Perdendo apenas para os EUA e a Índia, que estão em primeiro e segundo lugar respectivamente.

Ao contrário do Facebook e Instagram, o Linkedin tem um código de conduta. Não é algo institucionalizado, mas vale como regra de comportamento nessa rede social. Portanto, se sua empresa pretende manter um perfil nessa rede social, deve comunicar-se de maneira mais formal que no Facebook ou Instagram. Aqui não é lugar para compartilhar o meme da moda.

A rede do networking

 

O foco do Linkedin é estimular o networking entre empresas e profissionais. É nisso que as empresas devem investir, em relacionamento de qualidade com seus seguidores.

Dados importantes para você entender o tamanho e importância de investir no Linkedin:

  • 400 milhões de usuários

  • 81% dos profissionais B2B realizam levantamentos de novos produtos no Linkedin

  • 41% dos acessos são feitos a partir de dispositivos móveis

  • 25 milhões de acessos no Brasil

 

Os dados mostram o quanto o Linkedin pode ser útil para as empresas. Produzir conteúdo que interesse aos seus seguidores é essencial. Aqui, vale a regra de ouro para qualquer outra rede social. Conheça seu público alvo e direcione suas publicações para ele. Entender seu público alvo é essencial para produzir conteúdo e gerar networking com seus seguidores.

Para que seu perfil seja atraente, você deve fazer uma descrição eficiente da sua página. Descreva área de atuação da sua empresa, visão, missão e valores, tudo isso, de maneira clara e objetiva. Coloque o site da sua empresa. Adicione palavras chave que faça sentido para seu negócio e que levem as pesquisas do Google até seu perfil. Não é indicado o uso de palavras chave ‘caça cliques’ por que isso irá levar pessoas que não são do seu perfil até a sua página.

 

Produção de conteúdo

 

Design sem nome (11)Comece a produzir conteúdo, sempre pensando no seu público e o que interessa a ele. Não sabe o que interessa para seu público? Pesquise. Envie questionários, faça entrevista, mas não deixe de pensar nele na hora de produzir conteúdo. Mais que nas demais redes sociais, o tempo do usuário no Linkedin é para conectar-se com pessoas que possam gerar um networking ou acessar informações sobre sua área de atuação no mercado de trabalho. Ele quer informações que agreguem a sua formação e carreira.

É importante manter a periodicidade e relacionar-se com seus seguidores. Produza conteúdos ricos que estimule sua audiência a esperar por mais. Utilize seus funcionários para gerar engajamento e disseminar seu conteúdo. Eles são sua primeira audiência e é importante contar com eles para gerar um primeiro engajamento.

 

Comece a usar

Um perfil no Linkedin exige qualidade de texto e imagem. Por isso, capriche na imagem e no texto de descrição da sua página. Use uma imagem que represente sua empresa e que também mostre um pouco dela. Mantenha um tom formal no texto e na imagem. Se for mostrar seus funcionários, por exemplo, peça que eles estejam com uniforme. Se for mostrar seus produtos, produza fotos. Quando você investe em qualidade de imagem, seus seguidores entendem que você é uma empresa séria e preocupa-se com a imagem que você está transmitindo.

Para começar baixe o aplicativo do Instagram no seu smartphone- (4)

O texto de descrição deve apresentar a missão, visão e valores da sua empresa. Escreva de forma clara e objetivo, sem jargões, como se você estivesse se apresentando para um amigo. Afinal, apesar da formalidade, o Linkedin é para construir networking. Otimize seu texto com palavras chave, assim você será facilmente encontrado nos sistemas de busca. Escolha as palavras chave com cuidado, pense no seu negócio e como seus clientes chegam até você.

Agora que você já sabe como o Linkedin funciona, que tal iniciar seus trabalhos nessa rede social? Não sabe como produzir, entre em contato com a gente, temos uma equipe que pode cuidar disso para você.

Entre_em_contato (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *